Como ganhar dinheiro vendendo comida

Muitos cozinheiros domésticos lucram com o mercado crescente de alimentos caseiros.

O que é um hobby pode se tornar uma renda extra e até mesmo uma profissão, sendo a fonte de renda principal e escalável.

Você pode se tornar uma pessoa jurídica (com CNPJ), abrindo uma empresa classificada no modelo empresarial Microempreendedor – MEI.

O regime MEI têm sido bastante procurado pelos empreendedores devido à facilidade de registro e ao pagamento de menos impostos.

Mas antes de se registrar o profissional deve verificar se o seu faturamento está dentro do valor permitido, ou seja, o faturamento máximo para se tornar MEI é de até R$ 81 mil por ano.

No caso do vendedor de alimentos que têm interesse em ser um microempreendedor individual, é preciso destacar que ele deverá se registrar na modalidade vendedor ambulante de produtos alimentício independente e, assim, poderá se tornar um microempreendedor individual.(Fonte)

15 Opções de comidas caseiras para vender e ganhar dinheiro

São muitas opções de comidas que você pode iniciar a produção em casa mesmo e começar a vender para os vizinhos, no trabalho, na escola, pela internet.

Escolha a que você tenha mais facilidade e esteja dentro da sua realidade e comece a faturar.

Não esqueça de estudar, testar e aperfeiçoar seus métodos de produção, bem como a cara que você dará ao seu produto e sua marca, desde atendimento ao cliente à embalagem que você usará.

A grande maioria dos negócios, muitas marcas conhecidas e internacionais, começaram pequenos.

  1. Bolachas
  2. Bolo de pote
  3. Brigadeiros
  4. Cupcakes
  5. Chocolates
  6. Docinhos de festa
  7. Espetinhos
  8. Salgadinhos (fritos, assados e congelados)
  9. Marmitas
  10. Marmitas low carb ou fitness
  11. Massas caseiras
  12. Comidas para bebês (papinhas)
  13. Hambúrgueres
  14. Pães
  15. Pizzas congeladas

Para vender bem você precisa ser um bom vendedor. E com um produto de necessidade, você já inicia nesse mercado com vantagem.

Aperfeiçoe-se com o tempo, estudando marketing e técnicas de negociação, que serão úteis tanto na hora que comprar com seu fornecedor, quanto no momento da venda e pós venda.

Você pode iniciar seus estudos gratuitamente, com vídeos na internet e também no SEBRAE da sua cidade.

Com dedicação e trabalho, as chances de você ganhar muito dinheiro vendendo comida artesanal são grandes.

7 dicas para começar a ganhar dinheiro vendendo comida

  1. Não se refira a si mesmo como um amador. Isso porque, uma vez que você começa a cobrar pelo seu produto, você deve se portar como um bom conhecedor do seu trabalho.
  2. Seja esperto sobre como definir o preço de seu produto. Qual valor cobrar pode ser complicado para iniciantes. Tenha em mente que você precisa saber o seu valor para calcular sua margem de lucro. Calcule o valor do seu tempo, bem como o custo das matérias-primas e faça sua lição de casa sobre o que o mercado suportará. Conheça seus concorrentes. Os cozinheiros domésticos geralmente podem dar mais valor à comida em grandes centros do que vendê-los em pequenas cidades ou áreas rurais.
  3. Teste, experimente e ajuste. Ofereça amostras em qualquer mercado onde você está vendendo e ouça com atenção os comentários dos clientes. Como os produtores de comida caseira vendem em pequenas quantidades, não é complicado alterar uma receita para ampliar sua aceitação.
  4. Cave para lucrar com sua horta. Morangos e pepinos são frescos por um breve período, mas têm uma vida útil ilimitada quando embalados em conserva como geleia ou picles.
  5. Use as mídias sociais e a web para divulgar seus produtos. Obtenha uma página no Facebook ou inicie um site. Além disso, poste em um site de classificado local para que os clientes conheçam os mercados locais, como feiras ou bazares onde eles possam encontrar você e seus itens saborosos.
  6. Coloque sua personalidade em seu produto. Parte do prazer dos clientes em comprar de comida artesanal é encontrar tesouros que não sejam produzidos em massa. Não tenha medo de colocar sua foto em sua etiqueta ou contar sua história em seu site e na etiqueta.
  7. Faça alimentos que você e sua família realmente gostem. Trabalhar com produtos que gostamos é muito mais prazeroso e nos faz trabalhar a mente para sempre inovar e diversificar nossas possibilidades. Dar uma opinião real sobre o produto que você está vendendo mostra sinceridade e cria uma aproximação com o cliente.

Veja no site do governo como se tornar MEI.

Deixe um comentário